Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

logo-bonus
No comando: Bonus

Das 00:00 as 01:00

logo-sertaoneja
No comando: Sertãoneja

Das 05:00 as 06:30

logo-paixao
No comando: Paixão Sertaneja

Das 06:30 as 08:00

logo-altercomu
No comando: Alternativa Comunidade

Das 08:00 as 12:00

logo-arquivox
No comando: Arquivo X

Das 12:00 as 13:00

logo-as7hits
No comando: As 7 Hits

Das 13:00 as 13:30

logo-vitamina
No comando: Vitamina

Das 13:00 as 15:00

logo-peaoneja
No comando: PeãoNeja

Das 13:30 as 15:00

logo-zonalivre
No comando: Zona Livre

Das 15:00 as 16:40

logo-asmaismais
No comando: As Mais Mais

Das 16:30 as 17:30

logo-avozparoquia
No comando: A Voz da Pároquia

Das 17:30 as 18:00

logo-nolance
No comando: No Lance do Jogo

Das 18:00 as 19:00

logo-prog
No comando: Programação Alternativa

Das 20:00 as 22:00

logo-hitsdanoite
No comando: Hits da Noite

Das 22:00 as 00:00

Mutirão de limpeza recolhe quase 2 toneladas de lixo na Ilha do Mel

Compartilhe:
ilha-do-mel-limpeza

Voluntários organizaram um mutirão de limpeza na Ilha do Mel, litoral do Paraná, e recolheram  cerca de 50 sacos que  somaram 1.700 Kg de lixo. O grupo que realizou o trabalho encontrou garrafas pet, canudos, vidros,  ossadas de animais e até porta de geladeira.

Conforme o  organizador do mutirão,  José Augusto Correia Salles, a ação é feita na área não habitada da ilha.

“Normalmente, os outros grupos de mutirão fazem na área habitada. Nós queremos justamente chamar atenção para as áreas que ninguém mora, mas que também são poluídas. São toneladas de lixo e nem indo todo fim de semana vence tirar”, explicou.

Participam do grupo cerca de 100 voluntários, que trabalharam durante dois domingos. “Nos organizados para fazer em quatro finais de semana, com a expectativa de fazer 4 km de coleta por dia. Ao todo, é para dar uns 16 km”.

O descarte incorreto além de prejudicar o meio ambiente, também interfere na vida de quem mora na ilha. Conforme Salles, para retirar todo o lixo dali levaria meses.

Salles contou que durante a ação eles encontraram uma tartaruga morta, que estava perdendo os cascos por não ter conseguido voltar para o mar.

“Foi muito triste, ela poderia estar viva agora. Vimos também um siri que acabou entrando em uma garrafa de vidro, não conseguiu sair e cresceu lá dentro. Como o objeto estava dentro do mangue, ele se alimentava mas não saía. Pensa o desespero e a crueldade com o bicho”, afirmou.

 Quer participar?

Qualquer pessoa pode fazer parte do grupo de limpeza. A ação será realizada em mais dois domingos, nos dias 22 e 29 de setembro.

O interessados se encontram em frente a Pousada Pôr do Sol, na Ilha do Mel, às 7h. Às 7h30, começa a limpeza, que encerra ao meio-dia.

O lixo recolhido é levado para uma empresa em Paranaguá.

ilha-do-mel-limp-3

Fotos: Arquivo pessoal/José Augusto Correia Salles

Deixe seu comentário: