Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

logo-bonus
No comando: Bonus

Das 00:00 as 01:00

logo-sertaoneja
No comando: Sertãoneja

Das 05:00 as 06:30

logo-paixao
No comando: Paixão Sertaneja

Das 06:30 as 08:00

logo-altercomu
No comando: Alternativa Comunidade

Das 08:00 as 12:00

logo-arquivox
No comando: Arquivo X

Das 12:00 as 13:00

logo-as7hits
No comando: As 7 Hits

Das 13:00 as 13:30

logo-vitamina
No comando: Vitamina

Das 13:00 as 15:00

logo-peaoneja
No comando: PeãoNeja

Das 13:30 as 15:00

logo-zonalivre
No comando: Zona Livre

Das 15:00 as 16:40

logo-asmaismais
No comando: As Mais Mais

Das 16:30 as 17:30

logo-avozparoquia
No comando: A Voz da Pároquia

Das 17:30 as 18:00

logo-nolance
No comando: No Lance do Jogo

Das 18:00 as 19:00

logo-prog
No comando: Programação Alternativa

Das 20:00 as 22:00

logo-hitsdanoite
No comando: Hits da Noite

Das 22:00 as 00:00

Locações pela internet fazem três vítimas a cada dois dias no Litoral

Compartilhe:
5f92715d6911b02c84404cdc911054cc

A Polícia Civil divulgou, nesta segunda-feira (15), um balanço das ocorrências registradas nos dez primeiros dias da Operação Verão no Litoral do Paraná. Entre os crimes que se destacam está o estelionato, que fez 15 vítimas entre os dias 21 e 31 de dezembro. Na maioria dos casos, veranistas locaram imóveis inexistentes para as férias. As atividades abrangem as cidades de Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Antonina e Morretes.

De acordo com o coordenador do Verão Paraná 2017/2018, delegado Miguel Stadler, os boletins de ocorrência apontam para pessoas que, apenas ao chegar ao Litoral, descobriam o golpe. “Estamos investigamos os casos, e tratamos a maioria dos casos como de uma quadrilha que age de forma organizada. Estamos buscando identificar essas pessoas”, explicou.

Balanço*

Entre os dias 21 e 31 dezembro a Polícia Civil registrou 229 boletins de ocorrência de fatos criminosos, 33 Termos Circunstanciados, 18 inquéritos policiais instaurados e cerca de 72 flagrantes lavrados. Boletins Circunstanciados que envolvem menores de idade foram realizados em um total de 14. Um adolescente foi apreendido. Totalizando 367 ocorrências neste período.

Durante as ações neste período 75 pessoas foram presas e 150 conduzidas até as unidades policiais, um aumento de 23% e 42% respectivamente, comparado com o mesmo período do ano passado. Seguindo as diligências, quatro veículos foram apreendidos, bem como seis armas (entre de fogo e branca) e 18 munições também apreendidas. Até o momento a Polícia Civil apreendeu cerca de 1,5 quilos de drogas entre maconha, cocaína, crack e haxixe.

Mesmo com o fluxo intenso de pessoas pelos balneários a Polícia Civil contabilizou a queda na incidência de crimes contra o patrimônio (roubo e furto) e aumento nas prisões em flagrante em comparação com a temporada anterior. “Tivemos uma queda de 26% nos crimes patrimoniais em relação ao ano anterior, bem como tivemos aumento de 38% de prisões em flagrante em razão do aumento das atividades preventivas das forças policiais”, disse o coordenador do Verão Paraná 2017/2018 pela Polícia Judiciária, delegado Miguel Stadler.

*Da Polícia Civil

Deixe seu comentário:

Esse Aluno é Show

Esse Aluno é Show